Tuesday, August 25, 2009

O melhor lugar - Stênio Marcius.

.

O Melhor Lugar - Stênio Marcius.
.
Chora, Maria Madalena, chora
Aos pés de Cristo que te perdoou
Chora, irmã minha, que eu choro contigo
Pois eu também não passo de um pecador
Lava, Maria que eu lavo contigo
Os pés que nunca foram mesmo livres
Pois os seus passos já estão contados
Serão parados pela força numa Cruz
Enxuga bem, Maria
Unge com aloés
Esses queridos pés
Que andam feridos
Vamos ficar, Maria
Esse é o melhor lugar
Pra gente como nós
Mas que Ele quis salvar
Beija, Maria que eu tembém quero beijar
Esses benditos pés empoeirados
Que levarão por toda a eternidade
As marcas do amor feitas por cravos
Enxuga bem, Maria
Unge com aloés
Esses queridos pés
Que andam feridos
Vamos ficar, Maria
Esse é o melhor lugar
Pra gente como nós
Mas que Ele quis salvar

.

Oração:

.

Deus - que não é tão - Amado,...procuro aqui lançar mais umas palavrinhas à Ti...
...mesmo buscando uma ascese, um aprofundamento da união Contigo, na disciplina, oração e na leitura da Tua Palavra...há muitos momentos que percebo que a minha imagem não reflete o mistério e a Pessoa de Cristo, e sim, neste momento chamado Hoje, vejo a minha "auto imagem" - que logo se transfigure na Tua Alto Imagem - se espelha na pessoa de Maria Madalena. Marginal, postituta, prostítuída, pecadora...e corajosa. Lavou os pés de Cristo e os enxugou com os seus cabelos. Não consigo dimensionar essa cena na minha - pobre - mente. O que vejo e enxergo são as marcas do pecado e da marginalidade na minha pele, nas minhas ações e no meu ser.
O que traz um descanso ao coração é que o Senhor a acolheu. A trouxe para Si. Atitude diferente das quais Você tomou com os fariseus. Aqui vejo uma imagem que tenho medo de configurar....a do Fariseu. Que eu fuja, Pai. Que eu fuja desses escrotos.

Mas, muito mais claro vejo os traços da Maria Madalena - pecadora - encarnados no meu dia-a-dia...
...me dê despojamento e coragem para lavar os Teus pés, Amado....não sei como...é obra Sua.
...que possa Te perfumar - rompendo a minha vergonha - ousando assim, intimidade Contigo.
...obrigado pelo Stênio pela melodia,
Seu filhote e Noiva,
B. da T.
.

2 Comments:

Blogger luciana seloy said...

Eu fico tentando compreender
O que nos Teus olhos pode ver
Aquela mulher na multidão
Que já condenada acreditou
Que ainda havia o que fazer
Que ainda restara algum valor
E ao se prender em seu olhar
Por certo haveria de vencer...
E assim fizeste a vida
Retornar aos olhos dela
E quem antes condenava
Se percebe pecador
Teu amor desconcertante
Força que concerta o mundo
Eu confesso não saber compreender

6:53 PM  
Blogger Luis Delcides R Silva said...

a verdadeira essência do evangelho é essa: sem preconceito! As vezes borramos de medo ao passar do lado das prostitutas e o Cristo esteve bem pertinho da mulher Samaritana, ainda enxugou os seus pés com seus cabelos num gesto tão singular. Nossa,várias prostitutas eu vi, especialmente próximo aquela filial crentolândiana da São Vicente, e os fariseus escrotos não faziam nada e se eu passar por lá daqui a duas horas continuam não fazendo!É bem no gerúndio mesmo, pra crente só pode ser no gerúndio!

abs

9:15 AM  

Post a Comment

<< Home