Sunday, March 19, 2006

Madrugada....


Queridos, Tentava dormir e - oh! que novidade - não conseguia.
Então, embalado pelos standars de jazz que tocavam no linha Imaginária, na Madrugada pela Cultura FM junto com a Bíblia, forma as minhas companheiras...
E só consegui dormi depois que pincelei essas letras.
Paz & Bem!
B!

* * *

Madrugada
Bruno de Assis.

(...)

Sede que areniza o meu ser, que me faz tatear o sabor do Absurdo.

Não consigo dormir.

Sendo visitado pelos meus pecados, luzes, fraquezas, luxúrias...outros tantos Minotauros e Anjos que passeam pela tela da minha consciência, apego-me a palavra...

...e a Palavra, o Verbo Encarnado.

Mais uma vez, percebo que o poder dEle se aperfeiçoa na fraqueza.

Madrugada.

Diante do Silêncio Noturno, dilatam-se os fragmentos da minh'alma.

Alma que clama por conforto, por afeto, por amigos e ainda, por mais que eu não queira ter consciência e coragem pra confessar para mim mesmo...

...esse Inefável anseio pelo Sagrado.

De me tornar Um Com Ele.

Lembro-me do Salmista, como num íntimo choro de um trabalhador na vinha, que molhado de suor e balbucia essas palavras a si mesmo e ao Criador:

"Como a corça bramindo por águas correntes, assim minha alma brame por ti, ó Deus!Porque te curvas, ó minha alma, gemendo dentro de mim?"

Jazz, Jazz...

A alma é como um improviso de jazz...

...há harmonias, consonantes e dissonantes...essa vida, que lança-se diante das incertezas como um guitarrista diante das notas improvisadas num campo harmonico desconhecido. Com seus erros e acertos impressos em seus insides e out-sides... há outrora que as melodias entram em contraponto com outras regiões da minha alma.

Mas que querendo ou não, essa alma é regida pelo Maestro Maior.

Que carece de ser preenchida pela Voz cantada em Sol Maior e assim, impregnar Luz numa alma que tece letras e sonhos...e melodia.

(...)

1 Comments:

Anonymous Neide Multini said...

Oiiiii, Bru...que lindo!!!
Adorei e acabei de ler para o Carlos este texto...é que perdi o sono e ele veio me perguntar o que eu estava vendo...e li pra ele.
Te adoro e adoro sua sensibilidade, seus textos e canções...obrigada por partilhar conosco seus anseios e alegrias.
Beijocas

9:23 PM  

Post a Comment

<< Home