Friday, December 14, 2007

A matéria-prima da Cruz - Por Robson.

.

Queridos Amigos, caminhantes...e Amados de Cristo.

Esse ano participei de um curso de espiritualidade com uma pessoa tremenda, que logo vou colocar aqui uma resenha do livro dele, ese temendo Amando e homem de Yahweh....tem me abençoado absurdamente...

E aí, num texto que meu amigo, o Robson, lá do Caminho da Graça que escreveu pra ele no Amigo Secreto. Ainda o cara - O Osmar - ganhou uns vinho pra lá de bão...

Freaternidade, amor e Cuidado mútuo...

Paz & Bem!

E obrigado Robson por nos abençoar, junto com o Osmar,
B.
.


(Foto de Osmar Ludovico)
.

A matéria-prima da Cruz


Ao amigo Osmar Ludovico



Por vezes dedicamos-nos a Igreja instituição, aos tramites religiosos, as formas corretas de culto, as constituições que regem o dia-a-dia da igreja, dedicamo-nos as questões disciplinares, corretivas e educativas pensando na boa aparência da instituição. Dedicamo-nos na busca de movimentos e avivamentos, oramos desesperadamente por mover de Deus, pedimos em tantas línguas extremamente estranhas mesmo para poder ver Deus se manifestar. Valorizamos e cuidamos como tanta dedicação do patrimônio mobilizado templos e bens. O lema é crescer, construir e multiplicar. Que pena!

Um dia quem sabe, deixaremos de tentar ver Jesus na Igreja instituição religiosa, nos tamanhos dos templos e no numeroso rol de membros, e veremos de maneira simples onde está a sua glória, no homem. Um dia quem sabe, não pediremos avivamentos, mas alimentos, que seja pelo menos para amenizar a fome na terra. Um dia quem sabe, não pediremos moveres bombásticos da parte de Deus, mas jejuaremos por homens que através da simplicidade levem o evangelho de Jesus – “e não o evangelho dos cristãos” - aos homens, sem pensar em ofertas, dízimos e campanhas,

Um dia quem sabe, o foco das igrejas não seja a própria reputação, mas o cuidado e a indignação com a injustiça para com os mais pobres. Um dia quem sabe, pensarão em construir menos templos e mais creches, hospitais, parques, escolas, oficinas de artes, piscinas, quadras, campos, trampolins, circos, rings, casas populares, pistas de skate, piscinões, albergues e restaurantes do povo.Um dia quem sabe, contabilizaremos não o patrimônio mobilizado, mas aquilo que deve ser guardado no lado esquerdo do peito como já dizia Milton Nascimento,

Um dia quem sabe, descobrirão que a cruz não foi feita de madeira e que não foram os pregos que seguraram Jesus na cruz, pois os pregos nunca poderiam segurar aquele que tem o nome na qual todos os joelhos da terra se curvarão, os pregos nunca poderiam segurar aquele que tem o nome que está acima de todo o nome, os pregos nunca poderiam segurar aquele que cujo nome é temido nas regiões mais sombrinhas da terra, nunca simples pregos poderiam segurar JESUS na cruz.

Mesmo depois de Jesus já pregado e a cruz levantada, por ordem de alguém resolvessem tirar os pregos que estavam em Jesus, Ele permaneceria preso a cruz, nada poderia desprendê-lo dela, pois Ele estava preso pelas correntes de seu amor pelo homem. Engana-se aquele que pensa que a matéria-prima da cruz de Jesus foi uma madeira, pois foi um compensando de homens.


Robson Luiz Gomes


06/12/2007

3 Comments:

Blogger Rosana. said...

Sim! Um dia... Creio eu?

6:04 AM  
Blogger juliana.muchon said...

This comment has been removed by the author.

7:06 AM  
Anonymous Juliana said...

" A razão é que realmente dedicamo-nos as coisas Inuteis, Futeis e Banais , em coisas que não acrescentaram nada há nossa alma, dedicamos-nos há ponto de sair da normalidade da qual fomos criados e nos deixamos levar pelo legalismo, assim nos esquecendo do Essencial que é Cristo, engana-se aquele que pensa que a materia prima da CRUZ foi uma madeira pois foi um compensado de Juliana, Robson, Bruno e outros mais".

Talvez um dia entendamos o q é, na verdade ser um Cristão.

7:48 AM  

Post a Comment

<< Home